Mount Nelson Hotel Cape Town

img_7390-1

Quando me perguntam o que sou, o que faço ou como me defino cheguei a conclusão que além de arquiteto/decorador/designer/ formador de opinião etc e tal sou também um hotel explorer. Amo experenciar o que tem de melhor em hotéis que escolho a dedo e sim recuso convites quando algo não me agrada ou não aprovo totalmente. Aqui em Cape Town estou “explorando” e experenciando alguns hotéis e ghest houses. O Mount Nelson Hotel  também é chamado pelos locais de Pink Lady é o mais tradicional. Esta imensa propriedade foi transformada em hotel em 1899 e hoje conta com quase 200 quartos tanto no prédio principal como nos anexos, villas ou cottages espalhadas no imenso jardim. A cor pink so foi usada nas fachadas logo após a Primeira Guerra. A idéia foi alegrar os animos e varrer os ares cinzentos dos anos bélicos. Pronto! Foi assim que o Mount Nelson ficou ainda mais conhecido e lançou a moda da arquitetura rosa que tanto inspirou hotéis de veraneio na Europa. A única coisa ruim de ficar lá é que não dá vontade de sair. É ideal para quem realmente curte aproveitar ao máximo tudo que um grande hotel oferece: chá da tarde com piano ao vivo, piscinas incluindo uma aberta mas aquecida, jardins deslumbrantes e perfumados, quadras de tenis, spa fenomenal, bares e terraços para beber, ler e se entreter! Super Approved by Lord Rollo !

img_7377

img_7210-1

img_7157-1

img_7389-1

img_7162-1

img_7339

img_7301-1

img_7171-2 img_7177-2    img_7371-1   img_7390-1

 

Singita Ebony Lodges

img_6462

Welcome to Singita Ebony Lodges. O vôo entre o Singita Lebombo ( localizado no Kruger Park) e o Singita Ebony ( localizado ma reserva Sabi Sandi ) ambos na Africa do Sul,  dura apenas 25 minutos e a paisagem muda radicalmente. Enquanto o primeiro tem vegetação mais esparsa  e é indicado mais para  expiar o reino dos leões, o segundo tem mais arbustos e muitas árvores ideais para os leopardos. O Ebony criado há mais de 23 anos, é um dos primeiros lodges do Singita e foi todinho construído mesclando o estulo inglês colonial ao gosto tribal local. Minha villa aqui é a de número cinco e inclui escritório, dormitorio, banheiro com ducha interna e externa, dressing room, lounge externo e piscina com vista de babar. Pense em peles de zebra, tecidos com padronagens de leopardo, club chairs de couro, banheira antiga esmaltada, cortinas de lona khaki, cama de madeira ebanizada com dossel branquinho e lençóis de linho puro tudo isso coberto por estrutura alta de madeira forrada de espessa camada de capim da savana. É tudo tão bacana que não dá vontade de sair da cama. Aí o sinal de despertar soa as 5:00 da matina e indica que é hora de zarpar para mais um safari. Ah, como me explicou uma grande amiga embaixatriz que morou anos no Kenya, safari em swahili significa viajar. Entao acabo de descobrir que minha vida foi feita para safariar ! Vejam as fotos abaixo desta nova aventura que acaba de começar!

img_6355

 

img_6957 img_6958 img_6959 img_6960 img_6961 img_6962

Singita Lebombo Lodge

img_5297

Participar de um safari é o tipo da coisa para se fazer algumas vezes na vida. Quem já fez sabe a emoção que circunda toda esta aventura. Só este ano fui convidado mais de uma vez e por um motivo ou outro precisei adiar. Um dos motivos mais fortes que me fez declinar certo convite foi o fato de não ter ficado 100% satisfeito com um dos hotéis do roteiro e como minha credibilidade vale ouro, refutei até montar eu mesmo meu roteiro com todo o suporte do complexo Singita que possui diversos lodges pela África. Comecei então a traçar o roteiro privilegiando o Singita Lebombo Lodges ao norte da África do Sul, localizado no gigantesco Kruger Park.  A dica precisa é ficar uma ou duas noites em Johannesburg de preferência no Saxon Hotel ( considero o melhor da cidade) e em seguida pegar um vôo da Federal Airlines para o Singita Lebombo localizado na extensa colina Lebombo que faz divisa de terra com Moçambique. Na foto acima, logo na chegada ao Kruger Park, fomos recebidos pelas girafabulous top models que apelidei de Linda, Cindy, Tatjana, Helena e Yasmin. Fiquei maravilhado com a sincronicidade impecável com que posaram  para o meu primeiro click. Após um quade torcicolo de tanto que abusei em admirá-las e clicá-las, seguimos para o lodge e não via a hora de aproveitar a minha cabana modernista quase minimalista no meio da savana. O Singita Lebombo é um dos lodges mais bem desenhados e decorados de toda a África. Agora é hora de desfrutá-lo enquanto conferem abaixo meu abrigo paradisíaco circundado por elefantes peso pesado, leōes dorminhocos, impalas ariscas e zebras belíssimas.

img_5363

img_5365

img_5312

img_5330 img_5315  img_5331 img_5338 img_5354  img_5411 img_5417 img_5419 img_5421-1 img_5425-1