Fortvny

Magician of Venice, assim era chamado Mariano Fortuny  por Marcel Proust. Fortuny ( 1871-1849)  conhecido como fashion designer, também foi fotógrafo, cenógrafo e light designer. Embora nascido na Espanha, foi em Veneza que sua carreira decolou em diversas áreas. Seus vestidos micro plissados de seda embarcam no passado até chegar a Grécia antiga. Formas simples e com movimento livre nos vestidos, túnicas e peplos. Veludos em cores de pedras preciosas e algodão com aparência manchada e envelhecida obtida através de técnica de impressão manual com tinta dourada, marcam suas criações não só como fashion designer mas como designer têxtil. Os tecidos acima da Coleção Fortuny Home , produzidos pela Bevilacqua em Veneza, mantém toda a técnica desenvolvida por Mariano Fortuny.

Acima, vestido de seda esmeralda, criado em 1930. As luminárias de teto ou parede, acentuam o exotismo veneziano de Fortuny

O Palácio Fortuny acima, que goi residência de Mariano Fortuny em Veneza, é hoje o museu dedicado às suas obras. A luminária tripé de piso, criada em 1907, é totalmente contemporãnea e pode ser encomendada na Montenapoleone. www.montenapoleone.com.br


Mrs. Condé Nast em foto de 1930, as irmãs Duncan em vestidos Delphos, 1920, Romy Schineider, Gloria Vanderbilt, Marisa Berenson, Lauren Hutton e Natalia Vodianova todas em Mariano Fortuny

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *