Panneaux

        

Um follower perguntou se usar panneaux na parede é chic ou não. Respondi que é super chic. Aí ele disse que algumas pessoas estão pendurando lenços grandes na parede e se isso é bacana ou não. Disse a ele que um panneaux de qualidade, como um Suzani ou outro pano étnico, antigo ou novo, ficam lindos na parede. Podem ser sobre a cama, cômoda e até no living em cima do sofá. O que não dá é lenço de polyester. Se for de seda, mesmo que seja novo, fica lindo emoldurado dentro de uma caixa de acrílico. Aquilo que já é bom fica protegido na caixa e se o lenço for novo, sem muito valor,  ganha mais importancia emoldurado. Pode ser fechado com vidro e molduras retas tipo caixa mesmo. Na foto acima, dormitório de Loulou de La Falaise em sua casa de campo. Logo abaixo, panneaux bordado aplicado sobre madeira, ambiente que montei anos atrás para o Last Look,  que era a última página da revista Casa Vogue, a  página mais vista e comentada pelos leitores da Casa Vogue. A maioria começava a ler a edição do mês de trás para frente!. Outra foto: sobre a cômoda ,pano bordado que pode ser instalado com preguinhos direto na parede. Painéis chineses século 18 contornam a cama de Pauline de Rothschild. Em cima da cama de ferro estilo Império, do decorador francês Jacques Grange, o decorador mais chic das últimas décadas caso não saibam, o panneax foi montado em varão de metal. Um panneax na parede, ajuda a esquentar, deixar o ambiente mais cozy e para quem gosta de decoração mais elaborada, ainda pode usar um quadro, um óleo sobre o painel de tecido que foi instalado solto na parede. Certa vez comprei em Paris, um lenço vintage Balenciaga, direto da empresa que imprimia as estampas. Era um sol imenso em azul e branco. Mandei emoldurar em caixa com frente de vidro e laterais retas pintadas de branco. Usei em cima de uma lareira para alegrar o ambiente. Na última foto deste post, panneax YSL de seda que uso no encosto da poltroninha que desenhei.  

  

 Panneaux étinico bordado montado sobre placa de madeira

   

  

Painéis chineses século 18 no dormitório de Pauline de Rothschild, conhecida pelo gosto altamente exótico mixado com o melhor do mobiliário francês

Edit

               

                Cama estilo Império e panneaux montado em varão de metal Edit

           

          Panneaux japonês no hall de distribuição. Welcome sofisticação  

  

4 comentários sobre “Panneaux

  1. Você foi extremamente acertivo sanou toda e qualquer dúvida, texto claro, com exemplos evidentes…depois de Rothschild ,De la Falaise e Rollo, se faz inútil perguntar sobre qual o modelo sofisticado…..

  2. O Last Look da revista CasaVogue era realmente sensacional. Passei a acompanhar o seu trabalho a partir daquela época em que já admirava a sua capacidade de unir tantas informações estéticas, das mais variadas origens e épocas, com tanto bom gosto e estilo, em um só ambiente. Lembro que em algumas oportunidades, você incluiu um espelho-sol brunido (sunburst mirror) em ambientações belíssimas como na foto que postou e que acabei aprendendo, com você, se tratar de uma peça típica dos anos 50. Não precisa dizer que passou a ser sonho de consumo que acabou sendo realizado anos depois quando adquiri um deles na feirinha de antiguidades do MASP. Foi uma emoção!rsrs
    Abração
    PS: posso dar uma sugestão? Acho que algo parecido com o Last Look faria um grande sucesso aqui no site, unindo produtos de possíveis parceiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *