R M- Stevens

   

Robert Mallet-Stevens ( 1886-1945) é um dos nomes mais importantes da arquitetura modernista francesa. Contemporâneo do arquiteto franco-suíço Le Corbusier, Mallet-Stevens também desenhou móveis e alguns foram produzidos em escala industrial como a super conhecida cadeira de empilhável com três barras de metal no encosto, criada em 1930 como cadeira de cozinha. Esta peça super conhecida, é um dos melhores exemplos de design assinado acessível e pode ser encontrada na Tok & Stok. Sabem o que fiz com as minhas cadeiras? Customizei! Mandei cromar toda a estrutura. Ficaram brilhantes! A chaise acima, da Galerie Downtown de François Laffanour, com estrutura tubular cor café e assento-encosto de lona amarela , foi criada para a Villa Noailles ( 1923-1928) em Hyères na França, residência da Vicontesse de Noailles, grande mecenas das artes. A townhouse de Marie Laure de Noailles em Paris, foi toda decorada por Jean-Michel Frank na década de 30 e nos anos 70 , serviu de inspiração para YSL decorar seu famoso apartamento da Rue de Babylone, que tive o prazer de conhecer quando a Christie’s montou o leilão de seu acervo alguns anos atrás. Pendurar quadros com correntes de metal foi um detalhe usado por JM Frank no living de Marie Laure, detalhe que YSL  também usou e que uso em todo meu living espelhado. Não deixem de visitar a Rue Mallet-Stevens em Paris. Esta pequena rua tem vários projetos seus e sua residência é aberta a visitação. Vale a visita! 

  

Robert Mallet-Stevens, arquiteto ariano como eu, é um dos maiores nomes da arquitetura modernista francesa

Villa Noailles na Riviera Francesa projetada por Mallet Stevens para a Vicontesse de Noailles, recebia nomes como Man Ray, Léger, Picasso durante o verão. A chaise tubular marrom e amarela foi criada para a piscina da residência

  

Cadeira empilhável, criada para cozinha em 1930. Procure na Tok & Stok. As minhas ( foto abaixo) mandei cromar e ficaram brilhantes! 

  

   

Outras versões da chaise criada para a piscina da Villa Noailles nos anos 20

Um comentário sobre “R M- Stevens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *